SEGURO OBRIGATÓRIO CONDOMÍNIO - SÍNDICO RC

O seguro do condomínio é de extrema importância e sua contratação é obrigatória por lei.

segundo artigo 1.346 do Código Civil. Ele dá a segurança de que mesmo quando algo der errado, o prejuízo será o menor possível.

 

Quem é o responsável pela contratação do seguro?

 

O síndico do condomínio é o responsável pela contratação e renovação do seguro, sob pena de multas caso não faça a contratação para o condomínio. Se ocorrer um acidente e o condomínio não tiver o seguro, o síndico responderá pelos danos e processado pelos demais condôminos. É ele também quem estipula o valor a ser segurado (com orientação do corretor). Na hipótese de erro no cálculo e ocorrência de prejuízos graves ao prédio, o síndico pode ter de indenizar os demais condôminos com o seu patrimônio pessoal. Daí a importância de procurar a ajuda de um corretor devidamente habilitado.

O seguro de condomínio não abrange ou protege as unidades contra roubo, danos elétrico entre outros, para saber mais clique aqui

 

Lei sobre seguro do condomínio: artigo 1.346 do Código Civil

 

 

A lei determina como obrigatória apenas a contração da cobertura básica simples do seguro de condomínio. Porém, desde julho de 2011, o mercado oferece a opção da cobertura básica ampla, em conformidade com a Resolução nº 218/2010 do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP). “Essa modalidade foi criada com o intuito de tornar o seguro de condomínio o mais completo possível.

A contratação do seguro de responsabilidade civil do síndico (rc síndico), dentro da apólice do condomínio, é fundamental para o exercício da função de síndico. Contudo, ele revela que para grande parte dos síndicos esta cobertura ainda não está devidamente clara. “É comum a contratação de apólices com coberturas insuficientes para o tamanho da responsabilidade da função”.

 

Que bens estão protegidos pelo seguro condomínio?

 

O seguro condomínio deve abranger todas as unidades autônomas privativas e as partes comuns. Estão cobertos os danos ocorridos à estrutura do prédio, causados por incêndio, queda de raio e explosão, abrangendo as áreas comuns e as unidades independentes, além dos bens de propriedade do condomínio, como itens de decoração da portaria, móveis no salão de festas, da piscina, equipamentos da sauna, extintores da garagem, interfones, antena coletiva, elevadores etc.

 

 

Modelos de contratação

 

Cálculo do valor do Seguro Condomínio

 

Seguro das unidades autônomas